Rio de Janeiro,

terça-feira, junho 22, 2021
spot_img

Leia a nossa última edição #37

Maricá: Fortes ventos deixam rastros de destruição na Orla de Itaipuaçu

Mais lidas

Pelo menos oito palmeiras caíram em diferentes pontos da orla de Itaipuaçu, em Maricá, devido à chuva forte e, principalmente, aos ventos registrados na noite deste domingo (30). As árvores chegaram a ficar pendurada sobre a via.

Profissionais da Autarquia de Serviço de Obras de Maricá (Somar) realizavam na manhã desta segunda-feira (31) o replantio das palmeiras.Procurada a secretaria de Comunicação não informou sobre o replantio e sobre quantas árvores foram danificadas com a força dos ventos.

No bairro do Barroco, também em Itaipuaçu, fios energizados em contato com árvore. De acordo com a Defesa Civil, os bairros mais atingidos foram Itapeba (61,92mm), Ponta Negra (57,54mm) e Guaratiba (55,2mm).

Estágio de Atenção– A passagem de um sistema frontal pelo Estado do Rio de Janeiro e o padrão de ventos em altos níveis ainda deixam o tempo instável e chuvoso no município de Maricá. Os pluviômetros pertencentes ao Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais – CEMADEN registram acumulados em 24h de 62,12 mm em Itapeba, 57,74 mm em Ponta Negra, 55,2 mm em Guaratiba, 48,65 mm em Itaipuaçu, 37,85 mm em Itaipuaçu2, 31,05 mm em Inoã às 12h30min do dia 31 de maio de 2021.

Tendo em vista a previsão de chuva fraca a moderada nas próximas 24h, ocasionalmente forte nos períodos da tarde e da noite desta segunda-feira (31), o que gerará maiores acumulados em 24h, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Maricá informa que passou do estágio de Alerta para o estágio de Atenção às 12h30min do dia 31 de maio de 2021.

Segundo a Marinha do Brasil, há aviso de ressaca no litoral de Maricá, com ondas de SW/S de 2.5 m, das 9h de segunda-feira (31) às 21h de terça-feira (1°).

 

spot_img

Últimas noticias