Niterói anuncia transmissão comunitária do coronavírus e novas restrições a mercados, padarias e farmácias

O prefeito Rodrigo Neves anunciou na tarde deste domingo (29) que Niterói atingiu a marca de 42 casos confirmados de coronavírus e que a transmissão na cidade já é comunitária, quando não se sabe a origem do contágio. A cidade registra também mais de 300 casos suspeitos da doença.

Hoje, a cidade possui 42 casos confirmados, 25 estão em isolamento domiciliar e seguem acompanhadas pela secretaria de Saúde, 09 estão internadas (05 em UTI necessitando cuidados extremos), 07 receberam alta e 01 óbito.

“Nós temos 42 casos confirmados e já há na cidade casos de transmissão comunitária. O registro foi feito no sábado, isso significa maior propagação do vírus. Outras cidades já viveram isso e passam por situações dramáticas deste terrível inimigo invisível. Temos mais de 300 casos que precisam de confirmação e contraprova para serem informados a cidade”, falou o prefeito.

Óbito investigado – Essa madrugada a cidade registrou um óbito e está sendo investigado e aguarda resultado dos exames para confirmação. O caso é de uma mulher, de 39 anos, ligada ao setor da cultura do município.

Novas medidas – Além das medidas de sanitização, arrendamento de um hospital, distribuição de 80 mil kits de limpeza e testagem massiva da população, na próxima semana Niterói anunciará novas medidas para conter o avanço do coronavírus no município.

Segundo Rodrigo Neves, novas portarias serão publicadas referentes ao funcionamento dos supermercados, padarias, farmácias, pet-shops e postos de gasolina. A portaria deve estabelecer, entre todas as determinações, regras de chegada aos supermercados.

“Vamos ter que ter disciplina. Não adianta os supermercados estarem lotados! Niterói precisa superar essa crise”, falou Rodrigo ao citar as medidas que serão tomadas referente as chegadas aos supermercados.

De acordo com Rodrigo, se as medidas não fossem tomadas desta forma, a cidade estaria enfrentando uma situação gravíssima.

“Nosso plano de guerra que estudamos ao longo das últimas semanas, desde que foi confirmado o primeiro caso no Brasil, foi elaborado com base na ciência, em informações de infectologistas e epidemiologistas. Estamos executando com disciplina em uma jornada extenuante de trabalho, para preservar a vida dos niteroienses e proteger a economia da nossa cidade”, contou Rodrigo.

O prefeito Rodrigo Neves já admite preparar cemitérios da cidade, tanto públicos quanto privados, para receber possíveis vítimas da doença

Durante a transmissão ao vivo, no início da tarde deste domingo (29) o prefeito Rodrigo Neves reforçou a importância do isolamento social e da quarentena. Neves prevê que a situação na cidade deve se agravar e a população precisa esperar pelo pior.

“Nós vamos chorar muitos mortos. Já estamos preparando nossos cemitérios (públicos e privados). Vamos chorar muito os nossos mortos em Niterói, mas eu tenho confiança em Deus e em cada um de vocês, que Niterói vai sofrer menos. Precisamos que todos nós cumpramos o isolamento social e a quarentena até o dia 10 de abril. Vamos anunciar, ainda essa semana, medidas importantes e drásticas, mas medidas necessárias para evitar que Niterói sofra como outras cidades vão sofrer nos próximos dias e semanas”, finalizou Rodrigo.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.