Rio de Janeiro,

sexta-feira, setembro 17, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Niterói inicia vacinação de adolescentes nesta segunda (23)

Mais lidas


A partir desta segunda-feira (23), a Prefeitura de Niterói inicia a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes com idades entre 12 e 17 anos. Todas as pessoas acima de 18 anos já podem procurar uma unidade de saúde para tomar a primeira dose do imunizante.

De segunda (23) a quarta-feira (25), jovens a partir de 17 anos já poderão se vacinar contra a Covid-19. De quinta (26) a sábado (28) será a vez dos adolescentes a partir de 16 anos. A expectativa é chegar até 10 de setembro aos 12 anos, idade mínima permitida pela Anvisa para vacinação. A vacinação será feita com Pfizer. O calendário vai seguir de acordo com a disponibilidade de doses enviadas pelo Ministério da Saúde.

O prefeito Axel Grael lembrou que alcançar a vacinação de todos os niteroienses adultos era a grande meta quando iniciou-se o processo de imunização em Niterói, no dia 19 de janeiro.

“Para nós, que estamos há 16 meses nos reunindo pelo menos uma vez por semana neste gabinete de crise, chegar à meta de começar a vacinação de todos os adultos é muito marcante. Mas sabemos que ainda temos uma longa caminhada, não resolvemos o problema da pandemia. É muito importante que todos se vacinem, esta não é uma iniciativa individual e, sim, um esforço pensando na cidade, na família e nas pessoas que convivem conosco. Esperamos até novembro estar com todos com o ciclo vacinal completo com as duas doses do imunizante e estamos estendendo a vacinação para o público de 12 a 17 anos, começando já na segunda-feira”, detalhou.

Vacina obrigatória – A vacinação se torna obrigatória para funcionários efetivos ou terceirizados que prestam serviço para a prefeitura prevê que a recusa, sem justa causa, caracteriza falta disciplinar, passível das sanções dispostas na Lei 531/1985 e demais legislações aplicáveis.

“Sabemos que a grande maioria já compareceu aos postos, mas vamos iniciar esse movimento para que todos apresentem seus comprovantes de vacinação e possamos avançar na proteção de todos”, disse.

Niterói já vacinou mais de 385 mil pessoas com a primeira dose, o que representa 94% dos adultos e 213.638 com a segunda dose ou dose única, 52% dos adultos. A meta do município é alcançar a maior cobertura possível de sua população, como ressaltou o secretário de Saúde, Rodrigo Oliveira.

“Em Niterói, hoje, todos os cidadãos acima de 18 anos têm a oportunidade de receber, pelo menos, a primeira dose da vacina contra a Covid-19. E o município não só vacinou rápido, mas também vacinou bem. Temos uma das maiores coberturas do país e do Estado: estamos falando em mais de 90% do público-alvo já com a primeira dose. A perda estimada de segunda dose é de apenas 5%. Esse é um dado muito importante e que tem impacto muito positivo. Estamos em um momento de celebração, mas temos clareza de que ainda há um caminho para percorrer. Por isso, anunciamos hoje, três eixos de novas medidas que iniciam uma nova fase: um programa de Busca Ativa, a ampliação do calendário de vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos e a sinalização de interesse de aplicar a terceira dose em idosos, assim que o Ministério da Saúde anunciar e o Programa Nacional de Imunizações autorizar”, elencou.

Busca Ativa – A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói vai intensificar a partir desta sexta-feira (20), a Busca Ativa pelas pessoas maiores de 18 anos que não tomaram a primeira dose (d1) da vacina contra a Covid-19 e das pessoas acima desta idade que tomaram a primeira dose, mas não retornam ao posto para receber a segunda dose (d2) do imunizante. A repescagem vai valer também para os adolescentes, de 12 a 17 anos, com comorbidades ou deficiência permanente.

A busca começará pelos pacientes cadastrados pelo Programa Médico de Família e pelos atendidos nas Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas. As equipes do Médico de Família farão visitas casa a casa em suas áreas de cobertura pelos não vacinados e funcionários das Unidades Básicas e Policlínicas farão buscas por telefone.

O recurso de sirenes nas comunidades e mensagens por SMS da Defesa Civil de Niterói, que conta com cerca de 60 mil cadastrados, também será usado. Além disso, as pessoas que utilizaram o aplicativo de agendamento Colab para receber a dose, também serão avisadas pelo próprio App sobre a data de retorno.

spot_img
spot_img

Últimas noticias