Nos pênaltis, Friburguense vence o Maricá F.C. e garante a vaga na próxima fase da Copa Rio

Friburguense

Foto: Vinicius Gastin/Ascom Friburguense)

O Friburguense recebeu o Maricá no Estádio Eduardo Guinle, na tarde desta quarta-feira (1), pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Rio. O Frizão venceu por 3 a 2, com dois gols de Lohan e, aos 45 minutos da segunda etapa, Jeffinho marcou. Rodrigo Gomes e Pablo descontaram para os visitantes. Como o Maricá venceu por 1 a 0 o jogo de ida, a classificação foi deifinida nas penalidades.
 
Na disputa de pênaltis, Luiz Felipe, Jorge Luiz, Dedé e Cleisson converteram para o Friburguense. Pelo lado do Maricá, Rodrigo Gomes e Guilherme marcaram os tentos, mas Pablo Luiz e Pablo desperdiçaram as cobranças, sacramentando o placar de 4 a 2 e a classificação do Frizão, que agora enfrenta o Bangu, pelas oitavas de final, na próia quarta-feira, em local ainda não definido, às 15h. O Maricá tem pela frente a final do primeiro turno da Série B2, contra o Campos, no Ângelo de Carvalho. O jogo é no domingo, também às 15h.
 
Primeiro tempo movimentado e equilibrado
 
Mesmo com a vantagem adquirida no primeiro jogo, o Maricá pressionou o Friburguense nos início da partida. Aos três minutos, Rodrigo Gomes aproveitou falha da zaga adversária e, após a sobra de bola, finalizou para abrir o placar. O gol sofrido não abalou o Frizão, que respondeu as tentativas ofensivas do Maricá. Aos 12 minutos, Dedé colocou Lohan cara a cara com o goleiro Júlio, o atacante deu um leve toque, mas a bola foi para tiro de meta.

Aos 15, João entregou de bandeja a bola para Lohan na entrada da área e ele finalizou de primeira, sem chances para Júlio, empatando o placar. Minutos depois, Jefinho recebeu a bola de forma frontal ao gol adversário e finalizou, obrigando Júlio a fazer grande defesa.

 
Etapa complementar garante emoções e gol nos acréscimos
 
O empate no placar fez com que a partida ficasse truncada no meio campo, com as duas equipes tensas. Aos 19 minutos, o Maricá conquistou, novamente, a vantagem no marcador. Pablo, após cobrança de falta, desviou a cobrança e estufou as redes. Mas o Friburguense não se rendeu e logo em seguida ao gol sofrido, Cleisson foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Lohan cobrou e deslocou o goleiro Júlio, empatando a partida.
 
Os minutos finais foram sinônimos de emoção. Com o Maricá querendo segurar o empate que garantia a classificação, o Friburguense se lançou ao ataque, para tentar levar a partida para os pênaltis. Aos 42 minutos, Cleisson arriscou e Júlio César fez uma bela defesa, colocando para escanteio. Em sequência, em bate-rebate dentro da grande área, aos 45 minutos, Jeffinho aproveitou a sobra e marcou o gol salvador, levando a partida para a decisão por pênaltis.

Nos penais, valeu a frieza e o ânimo dos jogadores do time da casa que converteram todas as suas cobranças, enquanto o Maricá não acertou o pé e acabou derrotado. Agora, o Frizão volta o pensamento para a Segundona e, mais tarde, para o Bangu.

A partida

Friburguense 3×2 Maricá (pênaltis: 4×2) – Copa Rio, primeira fase, volta – 1/8/2018 às 15h
 
Estádio Eduardo Guinle (Nova Friburgo – RJ)
Árbitro: Alex Gomes Stefano
Assistentes: Paulo Vitor Paladino Carveiro e Renato Serôa da Motta
 
Friburguense: Luiz Felipe; Dieguinho, Bidu, Cleisson, Ricardo (Lucas Sales, 34’/1ºT); Damião (Ziquinha, 38’/2ºT), Gleison (Murillo, 26’/1ºT), Jeffinho, Jorge Luiz; Dedé e Lohan. Técnico: Cadão.
 
Maricá: Júlio; Alex, João, Pablo, Matheus; Medeiros, Marquinhos (Guilherme, 6’/2ºT), Rhenan (Joelzinho, 20’/2ºT), Lázaro (Índio, 43’/2ºT); Pablo Luiz e Rodrigo Gomes. Técnico: Sorato.
 
Cartões amarelos: Gleison, Jeffinho (FRI); Matheus, Medeiros, Joelzinho (MAR)
 
Fonte: FutRio
 
Gols: Rodrigo Gomes, 3’/1ºT (0-1); Lohan, 15’/1ºT (1-1); Pablo, 19’/1ºT (1-2); Lohan, 20’/2ºT (2-2); Jeffinho, 45’/2ºT (3-2)

Notícias Relacionadas