Policiais estrangeiros atuarão em conjunto com a PF no combate ao crime transnacional

Polícia Federal

Polícia Federal

O diretor geral da Polícia Federal (PF), Rogério Galloro, reafirmou a importância das atividades de cooperação internacional para o enfrentamento da criminalidade organizada no Brasil e na América do Sul. A declaração foi dada no último dia 26/06 durante visita ao Centro de Cooperação Policial Internacional (CCPI/PF).

O CCPI funciona na Superintendência da PF do Rio de Janeiro e tem por finalidade fortalecer a integração entre países no âmbito das investigações criminais voltadas à repressão do crime organizado transnacional, proporcionando mecanismos de cooperação multilateral. Essa integração será especialmente relevante no combate ao tráfico de drogas e de armas no Rio de Janeiro e no Brasil, na medida em que permitirá um maior dinamismo nas investigações criminais que necessitem da cooperação de outros países.

Policiais estrangeiros da Argentina, Peru, Bolívia e Paraguai já integram o CCPI, sendo aguardados também policiais da Colômbia e de outros organismos internacionais.

 

Notícias Relacionadas