Prefeita e vice-prefeito de Saquarema são cassados

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Justiça Eleitoral de Saquarema cassou, nesta quarta-feira (16/01), os diplomas dos chefes do Poder Executivo da cidade, Manoela Peres e Pedro Ricardo (prefeita e vice-prefeito, respectivamente). A decisão é em primeira instância e cabe recurso.

Ambos são acusados de benefício e ato de abuso de poder econômico, além de uso indevido de meios de comunicação durante a última campanha eleitoral.

Além da cassação dos diplomas, também foi decretada a inelegibilidade por oito anos seguintes à eleição de 2016 aos políticos. Vale lembrar que Pedro Ricardo se elegeu deputado estadual pelo PSL nas eleições de 2018.

Em nota, a defesa da prefeita afirmou que Manoela recebeu “com serenidade” a notícia, mas tem “plena convicção de que a decisão será reformada quando da análise pelos Tribunais Eleitorais superiores”. Disse ainda que “os fatos que deram origem ao processo datam do início do ano de 2016, quando sequer a Sra. Manoela era candidata, tendo relação com matérias jornalísticas veiculadas pelo Jornal Radar de Saquarema, sobre políticos da região, que anteciparam denúncias comprovadas posteriormente pela Operação Lava Jato, não tendo a Sra. Manoela nenhuma ingerência sobre as publicações de um veículo de comunicação, que possui liberdade de expressão garantida pela Constituição”.

Por fim, os advogados de Manoela afirmaram que ela permanecerá no cargo exercendo as funções de prefeita, já que está certa de que a decisão será revista.

Notícias Relacionadas