Prefeitos de Maricá e Niterói repassam verba para São Gonçalo enfrentar a Covid-19

Os prefeitos de Maricá, Fabiano Horta, e Niterói, Rodrigo Neves, assinaram um protocolo de intenções na tarde desta sexta-feira (03/04) no Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado para concluir o repasse de R$ 45 milhões para a construção de um hospital de campanha em São Gonçalo, além de outras ações de saúde no município.

A iniciativa é fruto de um apelo do governador Wilson Witzel. O dinheiro servirá para garantir que a prefeitura de São Gonçalo possa enfrentar a falta de recursos frente à pandemia da Covid-19. O prefeito da vizinha São Gonçalo, José Luiz Nanci, também participou do ato, juntamente com o presidente da Alerj, deputado André Ceciliano.

A destinação dos valores foi aprovada em sessões extraordinárias nas Câmaras de Vereadores de Maricá e Niterói.

“Niterói e Maricá são municípios que recebem royalties do petróleo e vêm em várias gestões fazendo bom uso deste dinheiro, a ponto de poderem agora ajudar São Gonçalo. Parabenizo os prefeitos pela solidariedade demonstrada neste ato. Neste momento difícil, estamos reunindo todos os esforços para ajudar a quem mais precisa. Queremos montar um hospital de campanha no município para dar condições de atendimento à população da região”, frisou o governador Wilson Witzel.

Para o prefeito de Maricá, Fabiano Horta, Governo do Estado, prefeitura e o Legislativo estão sendo exemplo de que é possível construir conjuntamente políticas públicas em situações de crise.

“Este é um ato importante, em parceria com o Governo do Estado. Há uma dimensão humanitária, mas também acreditamos que catalisar as ações por meio do Governo do Estado trará efeitos mais imediatos. Acredito que estamos dando um exemplo de que Governo do Estado, prefeituras e entes unidos podem realizar ações para manter a vida das pessoas num momento tão dramático” afirmou Horta.

De acordo com o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, a assinatura é uma demonstração de colaboração inédita no Brasil. Além disso, uma decisão estratégica, na medida em que a montagem de uma estrutura de atendimento também evitará a sobrecarga nos sistemas de saúde das cidades de Maricá e Niterói.

“Estamos trabalhando de maneira sinérgica para atravessar essa grande crise. Nestes momentos é muito importante que os líderes tenham firmeza e, ao mesmo tempo, sobriedade e capacidade de coordenar esforços. E o governador Wilson Witzel tem demostrado esta disposição e capacidade de liderar as medidas que precisam ser adotadas levando em conta os dados científicos”, disse Neves.

O prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, agradeceu a iniciativa.

“Não existe bandeira partidária neste momento. Somos municípios vizinhos e podemos nos ajudar. Agradeço a todos pelo suporte. Temos cerca de 1,2 milhão de habitantes, mas poucos recursos. Concordo plenamente com as medidas restritivas decretadas pelo governador Wilson Witzel, que tem conduzido de forma correta todo este processo” destacou.

Os secretários André Moura (Casa Civil e Governança), Cleiton Rodrigues (Governo e Relações Institucionais) e Edmar Santos (Saúde) e o presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano, participaram do ato de assinatura do termo de cooperação entre os municípios e o estado do Rio.

Notícias Relacionadas