spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Projetos de passarela no Manu Manuela estão sendo estudados pela Prefeitura e DER-RJ

spot_imgspot_img

Mais lidas

Tanto a Prefeitura de Maricá quanto o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) estão estudando a construção de uma passarela na altura do km 19 da Rodovia Amaral Peixoto, onde aconteceu o atropelamento que vitimou duas pessoas e deixou outras três feridas. Outras medidas visando evitar novos acidentes também estão sendo estudadas.

De acordo com o presidente da Autarquia de Serviços de Obras de Maricá (SOMAR), Guthyerre Alves dos Santos, equipes de topografia já estão no local trabalhando para que medidas possam ser tomadas o quanto antes.

“O prefeito Fabiano Horta nos acionou hoje pela manhã. O sentimento que os familiares estão vivendo no momento é o que Maricá toda está vivendo. A orientação que ele nos passou é a seguinte: as equipes de topografia da SOMAR estão no local para fazer um levantamento”, disse.

O estudo para que uma passarela seja construída também está sendo realizado. “Ele autorizou e nós já estamos correndo atrás da questão da passarela. Estamos abrindo esse processo para correr o mais rápido possível. Enquanto isso, estamos estudando a melhor forma de fechar uma dessas saídas, assim como já fizemos em Itapeba”, anunciou Guthyerre.

Segundo o presidente da SOMAR, equipes do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS), subordinadas à Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP), ficarão baseadas no local com uma viatura auxiliando nos horários de pico e durante todo o dia. O secretário de Ordem Pública, Cel. Julio Veras, esteve no local na manhã desta quarta (05).

Questionado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), órgão do Governo do Estado, informou em nota que uma equipe especializada foi enviada ao local do acidente nesta quarta (05) para realizar estudo técnico de viabilidade. A ideia é a construção de uma passarela no trecho.

A nota informa ainda que, segundo o diretor de Obras e Conservação da instituição, José Milton Couto, “o projeto de implantação da passarela deverá ficar pronto em 15 dias dependendo do resultado da análise das condições no trecho”.

*colaborou Sérgio Fiorini

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img