Super-heróis combatem DST’s em Maricá

Foto: Ruy Machado

Foto: Ruy Machado

Que os super-heróis estão acostumados a combater os vilões todo mundo já sabe. E se os vilões dessa vez forem as temidas doenças sexualmente transmissíveis? Que legal, né?

Os super-heróis são os agentes do Programa de IST/AIDS e Hepatites Virais da Secretaria de Saúde de Maricá. Eles estão baseados em uma tenda na Praça Orlando de Barros Pimentel, coração do Maricarnaval 2019, e oferecem – além de camisinhas e material de orientação – testes das Hepatites B e C, Sífilis e HIV (AIDS). O teste é um furinho no dedo e o resultado sai entre 15 e 20 minutos.

Segundo a coordenadora Cláudia Rodrigues (foto), atualmente se nota um crescimento de HIV entre os jovens e uma epidemia de sífilis. “O diagnóstico precoce é a melhor forma de se combater a doença. Quanto antes for feito, mais efetivo é o tratamento”, afirmou.

A organização estima que 3000 testes sejam realizados até o fim do carnaval.

Notícias Relacionadas