Temporal cai no Rio, causa morte de três pessoas e deixa caos em vias Expressas.

Três pessoas morreram em virtude da chuva que atingiu o município do Rio de Janeiro entre a noite desta quarta-feira e madrugada desta quinta. Uma casa desabou na Rua Olina, em Quintino, na Zona Norte, provocando a morte de um homem e de uma mulher. Um policial militar morreu após a queda de uma árvore na Rua Recife, em Realengo, na Zona Oeste.

O Centro de Operações Rio (COR), da Prefeitura, pediu no Twitter que a população só se desloque à tarde pela cidade, que se encontra em estado de atenção. Houve também problemas no trânsito em vários pontos da cidade, principalmente em vias expressas. A circulação dos trens e do BRT foi afetada. 

De acordo com o consórcio BRT, os serviços começaram a operar com intervalos irregulares por volta de meia noite em função da forte chuva que atingiu a cidade. Por medida de segurança, em razão da baixa visibilidade, péssimas condições da pavimentação e árvores na pista, os serviços que ligam Santa Cruz e Campo Grande ao terminal Alvorada foram interrompidos em seguida. Pouco antes, uma árvore caiu sobre um ônibus articulado próximo à estação Venda de Varandas.

Por volta de 1h, a queda de árvores na altura da estação Rio 2 provocou irregularidade nas linhas dos corredores TransCarioca e TransOlímpica. A operação nos três corredores foi suspensa à 1h30m. 

Pela manhã, os intervalos nos dois corredores foram normalizados. No corredor TransOeste, o trecho a partir da estação Pingo D’Água permanece interrompido até Santa Cruz. O serviço para Paciência já voltou a funcionar. 

Na Avenida Brasil, a pista lateral sentido Centro foi interditada na altura de Ramos por causa da queda de uma árvore. Na Linha Vermelha, uma árvore caída na pista sentido Centro, na altura da Infraero, ocupou duas pistas. A passagem era de apenas um carro por vez, o que provocou tumulto no trânsito.

Segundo a Supervia, a operação do ramal de Santa Cruz não pôde ser iniciada, devido à queda de um dirigível de empresa privada sobre cabos da rede aérea da Supervia, nas proximidades da estação Vila Militar, registrada às 1h40 desta quinta-feira. O Corpo de Bombeiros foi imediatamente acionado. Segundo o órgão, não havia tripulação no veículo, que teria se soltado do local onde estava atracado, devido aos fortes ventos.

Ainda de acordo com o a Supervia, no ramal Belford Roxo, em virtude à queda de árvore nas proximidades da estação Honório Gurgel, a circulação está sendo realizada apenas entre Pavuna e Belford Roxo. As partidas da Central do Brasil encontram-se suspensas. Já no ramal Saracuruna e as extensões Vila Inhomirim e Guapimirim a circulação está interrompida devido ao alagamento sobre os trilhos na região de Manguinhos e queda de telhas sobre cabos de alta tensão na estação Penha. 

 

Ramal Deodoro 

Trens paradores – Intervalo de 8 minutos.

Trens expressos – Intervalo de 4 minutos.

Ramal Santa Cruz

Trens expressos – Interropido.

Ramal Japeri

Trens expressos – Intervalo entre 8 e 15 minutos.

Ramal Belford Roxo – Parcialmente interrompido.

Ramal Saracuruna – Interrompido.

 

 

 

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.