UJS apresenta proposta para garantir primeiro emprego aos jovens de Maricá

Foto: Divulgação UJS

Representantes da maricaenses União da Juventude Socialista (UJS) apresentaram ao prefeito Fabiano Horta (PT) e ao Secretário de Governo, João Maurício, nesta terça-feira (13/04), um proposta de projeto de lei para emplacar o “Primeiro Emprego na Juventude”.

A ideia surgiu durante plenária realizada em março, que decidiu tratar como prioridade a questão do primeiro emprego.

O próximo passo é levar o PL à Câmara de Vereadores. A iniciativa conta com o apoio do vereador Marcus Bambam (PCdoB).

“Entendemos que a juventude precisa ter essa primeira experiência no mercado de trabalho para poder crescer a economia da juventude e ajudar o município também. Será importante para Maricá, para o jovem e estudante trabalhador. Acreditamos que isso vai ser o norte para a nossa juventude”, argumentou Lucas Malkovick, de 22 anos, eleito novo presidente da UJS Maricá há um mês.

“Esse projeto é super válido. Queremos que as empresas possam dar oportunidade aos jovens com isenção de impostos, por exemplo”, disse Bambam.

O documento de apresentação do PL propõe a inclusão dos jovens no mercado de trabalho, oferecendo a primeira experiência na carreira; fomentar a criação de primeiro emprego e renda no município; minimizar os impactos econômicos na juventude; incentivar a participação de jovens e adolescentes na sociedade e ações que mantenham proximidade de políticas públicas e sociais.

De acordo com a proposta, as empresas que aderirem ao projeto seriam beneficiadas com descontos fiscais no âmbito do município. Para se inscrever no programa, o jovem deverá ter entre 16 e 29 anos de idade. Outras exigências aos empregadores e aos possíveis participantes estão especificadas no documento.

A UJS Maricá reafirma o objetivo do projeto que é “exercer o direito, que todo jovem deve ter à oportunidade do primeiro emprego e da primeira experiência profissional”. Eles enfatizam que desejam “lutar por mais oportunidades para nossos jovens e, assim, futuramente, ter mais adultos qualificados no mercado de trabalho”.

Notícias Relacionadas