Estado terá concurso para contratação de 500 professores

Escola Estadual Domício da Gama C.E. Domício da Gama, no Flamengo, em Maricá/RJ. | Foto: Reprodução / Google Maps

Será publicado até março deste ano o edital para concurso público que visa preencher 500 vagas imediatas para o cargo de Professor Docente I na Secretaria de Estado de Educação. A carga horária para esses profissionais será de 16 horas semanais. Outras 3.500 vagas serão destinadas para cadastro de reserva.

De acordo com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, o impacto financeiro será de R$ 10,3 milhões anuais aos cofres estaduais. A ideia é que os professores assumam turmas já no segundo semestre desse ano em locais e disciplinas onde houver carência de profissionais.

Os novos professores também podem assumir vagas de profissionais que estejam em situação de horas-extras, as GLPs (Gratificações por Lotação Prioritária).

“A educação foi um dos grandes desafios durante esse tempo de pandemia. A boa gestão dos recursos, mesmo com o Regime de Recuperação Fiscal, permitiu que fizéssemos esses investimentos, atendendo servidores, professores e alunos”, disse o governador em exercício Cláudio Castro.

Reajuste – Também foi anunciado o reajuste do auxílio-alimentação a partir de 1° de fevereiro. O valor será readequado com base o IPCA (2013-2020) de forma proporcional à carga horária semanal de trabalho do servidor.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, atualmente, todos os profissionais ganham R$ 160,00 e, com a nova regra, poderão receber de R$ 239,52 (16h semanais) a R$ 598,90 (40h semanais). Para esse incremento, o impacto anual será de cerca de R$ 96 milhões.

Na lista de prioridades do Governo do Estado consta ainda a regularização do enquadramento por formação de 2.431 servidores, com direito ao benefício nos anos de 2019 e 2020. A autorização será publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (15/01). O montante investido será de quase R$ 10 milhões.

Notícias Relacionadas