Itaipuaçu receberá reforço no policiamento

Divulgação
Divulgação

Ficou definido na manhã desta quarta-feira (16) que a cabine da Polícia Militar, na Rua 83, no Jardim Atlântico, será reativada. A confirmação foi feita pelo capitão Elethério, da 6ª Cia de Maricá. O módulo será ocupado por militares do 12ºBPM e por agentes do Proeis, além disso uma viatura está disponível para atender as demandas da população e realizar patrulhamentos.

Ainda pela manhã, moradores de Itaipuaçu estiveram reunidos para discutir assuntos relacionados a segurança pública. Cerca de 150 pessoas participaram do encontro no quiosque do Biel, em frente da cabine da PM. O Secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Celso Netto, esteve presente e disse aos moradores que a prefeitura vem fazendo a parte dela para garantir a segurança da população. Os constantes assaltos na região motivaram a reunião convocada pelos próprios moradores.

“Segurança Pública é obrigação do Estado e dever de todos. Quanto município estamos fazendo o trabalho preventivo. O policiamento repressivo é dever da PM, a investigação dos delitos é da Civil. Há reclamação que a secretaria se omite e isso não é verdade. Segurança pública é coisa séria, não é brincadeira”, disse.

Cabine – O secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Celso Netto, disse que a cabine foi reformada e está apta para ser ocupada pelos PMs. Segundo o capitão Elethério, o módulo será ocupado por militares do 12º BPM e por agentes do Proeis, além disso uma viatura estará disponível para atender as demandas da população e realizar patrulhamentos.

Casos – O princípio do ano foi marcado por uma onda de violência. As ações criminosas começaram na sexta-feira (04/01), depois que uma mulher morreu após passar mal por ter sido mantida refém de criminosos durante um roubo à residência no Loteamento Jardim Atlântico. Ainda no mesmo dia, um o carro foi furtado na Estrada de Itaipuaçu, no loteamento Territorial. 

No dia seguinte (05/01), a Polícia Militar realizou uma megaoperação em Itaipuaçu, durante a noite. Os agentes chegaram a interromper um baile funk na Rua 1. De acordo com a PM, denúncias de que elementos armados de comunidades de São Gonçalo participariam do baile intitulado ‘Ressaca do Ano Novo’ motivaram a ação que resultou na apreensão de carros e motos. 

No dia 06, o pânico voltou a cena. Duas residências foram invadidas no Jardim Atlântico, por volta das 23h. As vítimas tiveram pertences roubados. Na fuga de uma das casas, um morador foi sequestrado e só foi liberado às 4h da manhã. 

De acordo com a PM, os criminosos chegaram ao local em um veículo Gol e invadiram as duas casas, situadas na Rua 76. Após manterem os moradores reféns, abandonaram o carro que haviam chegado e se dividiram, roubando outros dois veículos, um Fiat Toro e um Chevrolet Cobalt. Para fugir do local, um morador foi sequestrado e colocado no Cobalt. No mesmo dia, por volta das 12h30, próximo à Avenida 1,  um carro foi roubado quando o proprietário estacionava. Criminosos chegaram em outro veículo e renderam a vítima exigindo que ela saísse do carro.

Notícias Relacionadas