Maricá anuncia novas medidas de restrição de circulação e descarta lockdown

Maricá anunciou na noite desta quarta-feira (13) que não há necessidade da implantação de um lockdown neste momento, mas que é preciso tomar medidas mais rigorosas em relação a circulação de pessoas no município, entre elas a implementação de barreiras sanitárias permanentes e barreiras litorâneas.

De acordo com  o prefeito Fabiano Horta, a barreira sanitária permanente será implantada na RJ-114, rodovia que liga Maricá ao município de Itaboraí. Agentes da secretaria de Ordem pública atuarão durante 24 horas e apenas os trabalhadores dos serviços essenciais poderão passar pelo bloqueio. Moradores de Maricá precisarão apresentar comprovante de residencia para justificar sua passagem.

Já as barreiras sanitárias litorâneas funcionarão nos fins de semana (sexta, sábado e domingo), como as estabelecidas no feriado de 1º de maio. Elas serão implementadas em Itaipuaçu, Ponta Negra e Barra de Maricá.

“Neste momento não há necessidade de determinar o lockdown. Até o momento, a rede de saúde de Maricá não enfrenta saturação de leitos. As medidas que foram tomadas são fruto de uma avaliação técnica, juntamente com equipes de saúde. Fazemos essa avaliação diariamente e entendemos que as restrições de circulação são as mais adequadas no momento. Junto com a consciência das pessoas vamos passar por este processo sem a necessidade de implantar o lockdown”, disse o prefeito.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.