Rio de Janeiro,

segunda-feira, setembro 20, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Dois metalúrgicos do estaleiro Renave morreram no afundamento de dique na Baía de Guanabara

Mais lidas

Um dique flutuante de manutenção pertencente ao Estaleiro Renave, que fica na Ilha do Viana, no Barreto, em Niterói, afundou por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (26/07), na baia de Guanabara.

Dois trabalhadores metalúrgicos que estavam à bordo do dique e desapareceram. O montador Nilo de Paula, de 68 anos, e o encarregado de docagem, José Henrique da Silva, de 45 anos foram encontrados sem vidas dentro da embarcação.

Equipes de mergulhadores do 1º GMAR e o Corpo de Bombeiros já encerraram as buscas. A perícia foi acionada.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí acompanha de perto o caso e cobra da empresa a causa do afundamento.

“Temos um diretor nosso dentro da ilha que está nos passando as informações. Estamos em contato com as empresas. Já temos os nomes dos trabalhadores, mas por enquanto vamos aguardar os trabalhos dos mergulhadores. Um triste dia com esse acidente de trabalho para a categoria”, afirma Edson Rocha, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e região.

spot_img
spot_img

Últimas noticias