Ex-governador Pezão deve sair da cadeia nas próximas horas

Foto: EPA/BBC

O Superior Tribunal de Justiça decidiu nesta sexta-feira (10/12), por três votos a zero, a soltar  o ex-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, preso no Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói, há um ano.

Pezão é réu na Operação Lava Jato acusado de integrar esquema de corrupção em conjunto com o também ex-governador, Sérgio Cabral, também preso.

No lugar da prisão, os ministros estipularam as seguintes medidas cautelares que Pezão terá que cumprir:

  • comparecer em juízo quando chamado
  • monitoramento por tornozeleira eletrônica
  • proibição de contato com outros réus
  • proibição de ocupar cargos ou funções públicas
  • proibição de deixar o Rio de Janeiro sem autorização judicial
  • comunicar o juiz qualquer operação bancária superior a R$ 10 mil
  • recolhimento domiciliar noturno entre 20h e 6h todos os dias

Notícias Relacionadas