Rio de Janeiro,

segunda-feira, setembro 20, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Maricá terá “disque invasão” para coibir prática criminosa na cidade

Mais lidas

Durante a reunião para debater soluções para o problema de invasões de terrenos na cidade, o presidente da Câmara de Maricá, Aldair de Linda (PT), anunciou que a cidade deve ganhar um “disque invasão”. Será através do canal que a população poderá denunciar a prática, que vem se multiplicando na cidade nos últimos meses.

De acordo com o parlamentar, há um grupo criminoso por trás da prática, que invade e vende esses terrenos abaixo do preço de mercado nas redes sociais. “Não podemos permitir que nossa cidade se transforme num lugar inseguro. É inadmissível que proprietários de terrenos percam seus imóveis para criminosos”, disse.

Esteve presente, também, o secretário de Urbanismo de Maricá, Celso Cabral Nunes. Ele comentou de ações da pasta já no sentido de coibir as construções irregulares que acontecem na cidade, e muitas delas em terrenos de invasão. Há mais uma prática criminosa, em muitos casos: o de falsificação documental.

“Nossas equipes de fiscalização, em muitos casos, são recebidos com truculência, até mesmo por pessoas armadas. Já temos o apoio da Secretaria de Ordem Pública nessas ações, mas vamos criar um grupo tático para coibir cada vez mais essa prática”, disse Cabral.

O secretário de Ordem Pública, Ten-Cel Julio Veras, comentou a parceria com o Urbanismo, lamentou a ausência de representantes das polícias Civil e Militar e pontuou a importância de se combater a organização criminosa que vem atuando nessa e em outras frentes.

“O que foi discutido aqui é algo muito grave. Não são casos isolados. É algo orquestrado por uma quadrilha. Tem que se fazer uma grande investigação, com órgãos de inteligência e de controle do Estado, para que haja a resposta contundente que o município merece”, analisou Veras.

Estiveram presentes na reunião os vereadores André Casquinha (MDB), Cemar (Avante), Danilo Santos (PDT) e Ricardinho Netuno (Republicanos). Moradores e corretores de imóveis de Itaipuaçu também marcaram presença.

spot_img
spot_img

Últimas noticias