Praia de São Francisco, em Niterói, pode receber o nome de Ricardo Boechat

Foto: Daniel Trevisan

Foto: Daniel Trevisan

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro sugeriu que o jornalista Ricardo Boechat, falecido há três dias, seja homenageado com um nome de rua em Niterói.

A proposta foi encaminhada ao prefeito interino de Niterói, Paulo Bagueira, e protocolada na Prefeitura de Niterói pelo presidente do Sindicato, o jornalista Mário de Sousa e por Continentino Porto, representante do Sindicato junto a Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ).

Na justificativa da homenagem, Mário de Sousa afirma que o Brasil e o jornalismo perdem um dos mais importantes profissionais da imprensa.

Ricardo Boechat morou boa parte de sua vida em Niterói e exercia o jornalismo na sua plenitude de critica e opinião, com total independência e ética, afirma o documento. 

Ainda na justificativa, o Sindicato destaca que “sem ter nascido em Niterói, no em tanto, seus pais moraram na cidade no bairro de São Francisco, onde até hoje reside sua mãe. Sua infância foi em Niterói, onde estudou no Centro Educacional e foi Coordenador de Imprensa na Prefeitura de Niterói na gestão do prefeito Moreira Franco”.

Para o presidente do Sindicato, pelo exercício litúrgico do jornalismo, pelo exemplo que deixa aos seus colegas, aos jovens que começam no exercício da profissão e ao legado que deixa para a História da Comunicação e a sociedade por sua passagem marcante por Niterói, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro sugere ao prefeito interino de Niterói, Paulo Bagueira, que seja dado o nome de Ricardo Boechat a Praia de São Francisco.

Notícias Relacionadas