Comandante faz balanço das ações em Maricá e Niterói Errejota Notícias

Comandante faz balanço das ações em Maricá e Niterói

A frente do 12ºBPM (Niterói), batalhão que também é responsável por Maricá, o comandante Sylvio Guerra divulgou, no fim da manhã desta sexta-feira, um balanço das ações realizadas pela unidade nestes cinco meses, desde que assumiu o cargo.

No indicador de criminalidade roubo de rua, que comporta o roubo de celular, roubo no interior de coletivos e roubo a transeuntes, foi verificado, através de um comparativo entre períodos semelhantes, uma redução de 30,8%, passando de 2.639 casos em 2018 para 1.826 deste ano.

“Conseguimos atingir a maior redução no número de casos em todo o Estado do Rio de Janeiro, nos primeiros 5 (cinco) meses do ano. Nós, do 12º Batalhão de Polícia Militar, sabemos que todo e qualquer bem é importante e principalmente o maior de todos os bens, a vida. Com esse norte, nesses cinco meses à frente da gestão do 12º Batalhão, desenvolvemos ações visando reduzir os crimes traçados como indicadores estratégicos pelo Instituto de Segurança Pública (ISP)”, disse o comandante.                                         

No indicador estratégico roubo de veículos, a redução também foi significativa. Em 2018 foram registrados 1.058 casos e este ano 829, queda de 21,7%.

No indicador Letalidade Violenta, que avalia o homicídio doloso, a lesão corporal seguida de morte, o latrocínio e a morte por Intervenção de agente do Estado, os resultados foram os seguintes: nos casos de homicídio doloso eram 79 casos em 2018 e hoje são 60; a lesão corporal seguida de morte as ocorrências permaneceram iguais, dois casos em cada ano; o Latrocínio eram três casos no ano passado e este ano dois; as mortes por intervenção de agente do Estado aumentaram, passando de 15 para 49.

“Sabemos que a maioria dos homicídios dolosos possuem estreita relação com o tráfico de drogas. Com o incremento das operações nos locais de homizio desses criminosos elevou-se os números do indicador estratégico Letalidade Violenta. Que se analisado separadamente podemos constatar a diminuição do quesito Homicídio Doloso em relação ao ano anterior” falou Sylvio Guerra.

Além dos dados acima, o comandante divulgou o resultado das apreensões de arma de fogo e prisões realizadas. Nestes cinco meses foram apreendidos 11 fuzis 11, 81 pistolas e 34 revólveres. O batalhão também registrou a prisão de 394 pessoas.

“O 12º Batalhão está trabalhando todos os dias para retirar armas e criminosos das ruas. Nós estamos atentos às demandas da sociedade niteroiense e maricaense por mais segurança”, contou.

Apoio – O comandante também agradeceu o empenho das parcerias realizadas com as prefeituras de Maricá e Niterói.

“Cabe ressaltar o apoio das Prefeituras Municipais de Niterói e Maricá com os programas voltados para a segurança pública. No município de Niterói contamos com o apoio do PROEIS e do Niterói Presente. No município de Maricá contamos com o PROEIS”, finalizou.

Clima tempo

TURISMO MARICÁ

Arrow
Arrow
Slider

©2017 Todos os direitos reservados - Maricá Errejota.
Criado por NetartBR